Inscreva-se já.

O CDC continua a recomendar o uso da vacina Pfizer-BioNTech (COMIRNATY) COVID-19 recentemente aprovada pelo FDA para pessoas com 16 anos ou mais, como uma das vacinas recomendadas para proteção contra COVID-19. O CDC continua recomendando a vacina sob uma autorização de uso de emergência (EUA) para adolescentes de 12 a 15 anos de idade, bem como uma dose adicional de mRNA para pessoas imunocomprometidas de moderada a grave.

O que você precisa saber:

  • Pessoas com sistema imunológico comprometido de forma moderada a grave são especialmente vulneráveis ao COVID-19 e podem não desenvolver o mesmo nível de imunidade para a série de vacinas de 2 doses em comparação com pessoas que não são imunocomprometidas.
  • Esta dose adicional destina-se a melhorar a resposta de pessoas imunocomprometidas à sua série inicial de vacinas.
  • Embora o CDC não recomende doses de reforço para qualquer outra população no momento, o HHS anunciou um plano para começar a oferecer vacinas de reforço COVID-19 neste outono.
  • O CDC recomenda que as pessoas com sistema imunológico comprometido de forma moderada a grave recebam uma dose adicional da vacina mRNA COVID-19 pelo menos 28 dias após uma segunda dose da vacina Pfizer-BioNTech COVID-19 ou da vacina Moderna COVID-19.

Quem precisa de uma vacina adicional COVID-19?

Atualmente, o CDC está recomendando que pessoas imunocomprometidas moderada a gravemente recebam uma dose adicional. Isso inclui pessoas que:

  • Recebem tratamento de câncer ativo para tumores ou cânceres do sangue
  • Recebeu um transplante de órgão e está tomando remédio para suprimir o sistema imunológico
  • Recebeu um transplante de células-tronco nos últimos 2 anos ou está tomando remédio para suprimir o sistema imunológico
  • Imunodeficiência primária moderada ou grave (como síndrome de DiGeorge, síndrome de Wiskott-Aldrich)
  • Infecção por HIV avançada ou não tratada
  • Tratamento ativo com corticosteroides em altas doses ou outros medicamentos que podem suprimir sua resposta imunológica
  • As pessoas devem conversar com seu médico sobre sua condição médica e se receber uma dose adicional é apropriado para elas.

https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/vaccines/recommendations/immuno.html

Sinopse por Laura Czekster Anthochevis

Contatos: [email protected] ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104



Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH, CME e EQS