As infecções urinárias são prevalentes entre aquelas relacionadas a assistência à saúde. Os idosos são mais propensos a desenvolver infecções pelas mudanças fisiológicas do envelhecimento. O aumento da população idosa, o estado de dependência dos pacientes, os cuidados a serem dispensados demandaram novos recursos, dentre estes, as fraldas descartáveis para adultos.

Entre os benefícios do uso de fraldas estão, substituição do lençol impermeável, redução na troca de roupas de leito, conforto do paciente e melhor organização da equipe de enfermagem. Porém, alguns estudos ressaltam aspectos negativos na adoção de fralda, como, o aumento do risco de ITU. O objetivo desse estudo foi conhecer a associação entre ITU e uso de fraldas em adultos; com foco na gestão em saúde e controle de infecção.

Esse estudo consistiu de uma revisão sistemática de literatura, realizado de maio a julho de 2016, consultando os portais: PubMed, Scielo e a Biblioteca Virtual em Saúde. Os descritores usados foram “Infecções Urinárias” e “Fraldas para Adultos”. A busca foi realizada também em Inglês e Espanhol. Foram encontrados treze estudos, e após aplicados os critérios de inclusão e exclusão restaram três.

Concluiu-se que pouco se sabe sobre o uso de fraldas para adultos e sua relação com ITU. Com a utilização crescente desse dispositivo em adultos propõem-se um despertar da gestão dos serviços de saúde quanto às consequências desse uso. Espera-se estimular iniciativas que aprofundem este conhecimento e subsidiem a gestão da saúde no controle das infecções do trato urinário.

 

Autoras: Érika Galvão de Lima e Rilvana Flávia de Paiva Campos Câmara

 

 

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.