Objetivo: Relatar o surto de infecção por coqueluche em recém-nascidos no berçário de médio risco de um hospital de médio porte no Município de São Paulo, bem como os passos da investigação no intuito de encontrar a fonte primária deste surto e desencadear as ações de bloqueio.

 

Método: foi realizada a busca de todos os recém-nascidos que haviam passado pelo berçário de médio risco no período do surto, tentando encontrar outros sintomáticos respiratórios. Entrou-se em contato com todas as mães via telefone e por telegrama para comparecimento no hospital.

Considerações finais: o caso relatado traz a discussão sobre os surtos epidemiológicos que podem ser evidenciados em berçários. Apesar de as medidas preventivas preconizadas terem sido utilizadas, provavelmente houve uma quebra dessas barreiras. No caso, a hipótese diagnóstica de Síndrome Coqueluchóide fez com que a vigilância desencadeasse a investigação e a busca de todos os recém-nascidos que haviam passado pelo berçário de médio risco no período e também investigou todos os profissionais que prestaram assistência com sintomas respiratórios e os assintomáticos, não sendo possível encontrar a fonte primária da doença que acometeu os dois recém-nascidos, provavelmente pelo tempo decorrido do início dos sintomas até o levantamento da hipótese diagnóstica.

 

Autora: Silvia Piccinini Costenaro

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.