Inscreva-se já.

Racional: evidências existem sobre a contaminação dos profissionais de saúde em grandes epidemias virais. Tendo em vista que a abordagem definitiva da via aérea é um procedimento gerador de aerossóis, deve-se minimizar a exposição dos profissionais. Desse modo, participarão do procedimento o médico, o enfermeiro e o fisioterapeuta (uma equipe ideal precisaria de um kit de epi para um potencial segundo intubador, e para um circulante , segundo as diretrizes para IOT de pacientes graves). No caso de evitar potencial de exposição, além de maximizar o sucesso em primeira tentativa, o intubador deve ser o médico mais experiente em manejo de vias aéreas críticas, além de apto a realizar a cricotireoidostomia caso necessário. Material necessário para intubação (incluindo via aérea difícil.

Download (PDF, 205KB)



Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH, CME e EQS