Este trabalho como um todo trata de acidentes ocorridos com objetos perfurocortante entre os profissionais de enfermagem, devido ao mau procedimento de uso, no qual muitos acabam se ferindo, devido a pressa, e alguns outros fatores, que fazem estes se esbarrarem no perigo existente nestes objetos que põe também a vossa saúde em risco, sendo que algumas patologias indicadas no desenvolvimento da pesquisa são do HIV, Hepatite B e C dentre outros tipos de enfermidades que estes objetos trazem a saúde de cada profissional.

Pode-se dizer também que estes objetos induzem a infecção do HCV no qual tem exposição ocupacional à sangue HCV positivo, é baixo, e o índice de soro conversão é entre 0 e 2,8%, assim, recomendam que o seguimento de trabalhadores de saúde pós-exposição ocupacional, comparando dados de evidencia clínica e/ou bioquímica da Hepatite. Nota-se que os acidentes com picadas de agulhas constituem um dos principais infectocontagiantes com riscos de transmissão ocupacional de infecções por via sanguínea. Esses são responsáveis por cerca de 80 a 90% das transmissões de doenças infeccionas entre trabalhadores de saúde.

 

Autor: RICARDO ANDRADE AQUINO

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.