Promoção Juho Azul Celeste - Inscrição por apenas R$ 50,00 e mensalidades por apenas R$ 250,00

Esta declaração conjunta da Coalizão Internacional de Autoridades Reguladoras de Medicamentos (ICMRA) e da OMS visa ajudar os profissionais de saúde a responder a perguntas sobre o papel dos reguladores na supervisão das vacinas COVID-19. Ele explica como as vacinas passam por uma avaliação científica robusta para determinar sua segurança, eficácia e qualidade e como a segurança é monitorada de perto e continuamente após a aprovação.

A vacinação demonstrou contribuir para a redução de mortes e doenças graves por COVID-19 e para reduzir a transmissão de COVID-19. É importante vacinar o maior número possível de pessoas e reduzir a propagação de doenças. A vacinação de uma proporção significativa da população também protege as pessoas vulneráveis, incluindo aquelas que não podem receber as vacinas, ou a pequena proporção de pessoas que podem permanecer em risco de infecção após a vacinação. A falta de vacinação ampla também permite a circulação contínua do vírus e a geração de variantes, incluindo algumas que podem representar um risco maior. A vacinação generalizada ajudará a evitar que as pessoas tenham que ir ao hospital e contribuirá para que menos pessoas adoeçam, acabando por aliviar a carga do COVID-19 nos sistemas de saúde. Também ajudará a permitir o retorno ao funcionamento normal da sociedade e a reabertura das economias.

Confira na íntegra em:

https://www.who.int/news/item/11-06-2021-statement-for-healthcare-professionals-how-covid-19-vaccines-are-regulated-for-safety-and-effectiveness

Elaborado por Laura Czekster Anthochevis

Contatos: [email protected] ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104



Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.