Este trabalho tem como objetivo revisar os fatores de risco e recomendações atuais para prevenção do impacto da higiene bucal na prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica relacionando com a assistência de enfermagem.

A pneumonia associada à ventilação mecânica (PAVM) é a infecção adquirida na unidade de terapia intensiva (UTI) mais frequente entre os pacientes submetidos a este suporte ventilatório.

Além de ser responsável por aumento de mortalidade, tem sido demonstrado que esta infecção prolonga o tempo de internação e a duração da ventilação mecânica, o que leva a um aumento considerável nos custos do tratamento. A PAVM é doença infecciosa de diagnóstico impreciso e multicausal.

Estas características associam à PAV grande divergência relacionada ao diagnóstico, tratamento e medidas preventivas. A importância dos cuidados bucais, em pacientes sob terapia intensiva, tem sido alvo de inúmeras investigações, cujos resultados alertam para a necessidade de se implementar diretrizes para a higiene bucal destes.

 

Autora: Regiane Gimenez Mordente

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.