O controle de infecção hospitalar é um componente essencial dentro da instituição de saúde. Ações com vistas a prevenção e redução de infecções relacionadas a assistência a saúde colaboram no processo de segurança do paciente.

Em paralelo, há a atividade de hotelaria hospitalar, que atualmente representa parte da ação curativa ou de reabilitação de pacientes. O intuito é dar suporte ao cliente hospitalizado, oferecendo serviços de apoio e específicos que promovam conforto, segurança e acolhimento no período de internação. Dentro desta perspectiva deve haver a relação do controle de infecção e o serviço de higiene e limpeza oferecido pela hotelaria hospitalar.

O objetivo deste trabalho é correlacionar o processo de trabalho do controle de infecção hospitalar com o da hotelaria hospitalar, compreendendo o quão importante é a figura do controlador de infecção na supervisão dos processos de higiene e limpeza do ambiente hospitalar. O desempenho do controlador de infecção a frente da hotelaria hospitalar ou somente ao serviço de higiene e limpeza é visivelmente positivo.

Quando este serviço é liderado por profissionais de outras áreas, frequentemente os processos e tomadas de decisão são mais lentos, pois dependem muito de pareceres de gestores, enfermeiros, epidemiologistas, etc.

Conclui-se que o profissional responsável pelo controle de infecção hospitalar tem total conhecimento e responsabilidade para assumir a supervisão direta de toda a equipe do serviço de higiene e limpeza de um hospital.

 

Autor: ÉDER DOS SANTOS SILVA

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.