Inscreva-se já.

O CDC emitiu uma nota endossando a recomendação do Comitê Consultivo em Práticas de Imunização (ACIP) para expandir a elegibilidade das doses de reforço para aqueles de 12 a 15 anos de idade. O CDC agora recomenda que adolescentes de 12 a 17 anos recebam uma injeção de reforço 5 meses após a série inicial de vacinação da Pfizer-BioNTech.

Os dados mostram que o reforço contra COVID-19 ajuda a ampliar e fortalecer a proteção contra Omicron e outras variantes do SARS-CoV-2. O ACIP revisou os dados de segurança disponíveis após a administração de mais de 25 milhões de doses de vacina em adolescentes; as vacinas COVID-19 são seguras e eficazes.

No momento, apenas a vacina Pfizer-BioNTech COVID-19 está autorizada e recomendada para adolescentes de 12 a 17 anos.

O seguinte é atribuível à Diretora do CDC, Dra. Rochelle Walensky

“É fundamental que protejamos nossas crianças e adolescentes da infecção por COVID-19 e das complicações de doenças graves. Hoje, endosso o voto do ACIP para expandir a elegibilidade e fortalecer nossas recomendações para doses de reforço. Agora recomendamos que todos os adolescentes com idade entre 12-17 anos recebam uma injeção de reforço 5 meses após a série primária. Esta dose de reforço fornecerá proteção otimizada contra COVID-19 e a variante Omicron. Eu encorajo todos os pais a manterem seus filhos atualizados com as recomendações da vacina COVID-19 do CDC.”

https://www.cdc.gov/media/releases/2022/s0105-Booster-Shot.html

Editado por Laura Czekster Antochevis

Contatos: [email protected]  ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104



Ficou interessado? Conheça nossos cursos MBA's e Express