Inscreva-se já.

Anvisa autorizou o estudo clínico para testar uma possível dose de reforço da vacina Comirnaty, da Wyeth/Pfizer. Trata-se de um estudo clínico para avaliar a segurança, a imunogenicidade e a eficácia de várias estratégias de reforço da BNT162b2 em diferentes populações de participantes (por exemplo, grupos etários) que receberam previamente duas doses da vacina no estudo inicial.

O estudo prevê o recrutamento de 443 participantes no centro clínico do Hospital Santo Antônio (HSA) das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador (BA), e 442 participantes no Centro Paulista de Investigação Clínica e Serviços Médicos (Cepic), em São Paulo (SP).

Serão incluídos participantes com 16 ou mais anos de idade, do sexo masculino e feminino, que tomaram as duas doses da vacina BNT162b2 pelo menos seis meses antes, no estudo inicial da vacina da Pfizer.

Por que esse estudo foi proposto?

Para avaliar o comportamento da vacina na terceira dose e se há benefícios adicionais de uma eventual dose de reforço além das que já estão sendo aplicadas.

https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2021/nota-anvisa-autoriza-estudo-sobre-dose-de-reforco-da-pfizer

Elaborado por Laura Czekster Anthochevis

Contatos: [email protected] ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104



Ficou interessado? Conheça nossos cursos MBA's e Express