Inscreva-se já.

Em palestra à OMS, o Professor Kremer fez duas apresentações virtuais: uma sobre a “relação entre melhorias na água, saneamento e higiene (WASH) e mortalidade infantil”; a outra sobre “meta-análise e políticas públicas: o caso da administração em massa de medicamentos para helmintos”.

Lidando com diarreia e doenças gastrointestinais

O professor Kremer falou sobre a correlação entre a qualidade da água, o acesso à água e a sobrevivência infantil nos países em desenvolvimento. A diarreia e outras doenças gastrointestinais ceifam a vida de mais de 1,6 milhão de crianças todos os anos.

Ele acrescentou que há fortes evidências que sugerem que o acesso à água potável de qualidade é fundamental para reduzir as doenças transmissíveis e que as crianças pequenas são as que mais se beneficiam com o acesso à água potável. Uma meta-análise de 48 estudos revelou que o tratamento da água reduz as chances de mortalidade infantil por todas as causas em 25-32%.

O professor Kremer também apresentou um estudo sobre diferentes métodos de tratamento de água potável na ausência de serviços centralizados, sendo o método mais eficiente o fornecimento de cupons gratuitos às mães após o parto para acesso a solução de cloro diluído.

Benefícios econômicos da desverminação

Sobre os benefícios econômicos de longo prazo da desparasitação de crianças regularmente, o professor Kremer apresentou um estudo que mostra que 2-3 anos de desparasitação resultam em ganhos de 13% em relação a despesas de consumo, as crianças desparasitadas têm uma taxa maior de mudança de atividades e são capazes de obter melhores salários.

Mais de 25% da população mundial é afetada por infecções helmínticas transmitidas pelo solo, em grande parte devido à falta de acesso a saneamento e contaminação do solo com fezes humanas. Um estudo descobriu que o tratamento com vermífugos das mães durante a gravidez reduziu em 14% o risco de seus filhos morrerem nas primeiras 4 semanas após o nascimento; o tratamento de mulheres grávidas com medicamentos anti-helmínticos também pode evitar o baixo peso ao nascer.

O professor Kremer também apresentou uma revisão da meta-análise conduzida pela revisão Cochrane de 2016, que demonstrou os benefícios da desparasitação no peso e na circunferência do braço, altura e hemoglobina, que ele disse confirmar a validade das recomendações da OMS sobre desparasitação em crianças expostas ou em risco de helmintíases transmitidas pelo solo.

https://www.who.int/news/item/06-10-2021-2019-nobel-laureate-michael-kremer-emphasizes-wash-and-deworming-benefits

Editado por Laura Czekster Antochevis

Contatos: [email protected]  ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104



Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH, CME e EQS