Introdução: Febre Chikungunya é uma arbovirose transmitida ao homem por mosquitos do gênero Aedes, causada por um vírus RNA, o Chikungunya vírus (CHIKV). Clinicamente caracterizada por febre de início abrupto e artralgia moderada a severa. No entanto, manifestações atípicas têm sido descritas com comprometimento cardiovascular, ocular, gastrointestinal, renal e neurológico. Entre as manifestações neurológicas observadas em pacientes com infecção pelo CHIKV têm-se: alteração do nível de consciência, alterações em nervos cranianos, crises convulsivas, psicose, hemi/paraparesia, paraplegia, movimentos involuntários e síndrome de Guiilain-Barré.

Objetivo: relatar quatro casos de pacientes com diagnóstico sorológico de Chikungunya, que evoluíram com manifestações neurológicas graves, atípicas e óbito.

Métodos: análise dos casos internados no Hospital de Trauma de Campina Grande entre janeiro e março de 2016, com revisão dos prontuários destes indivíduos. A revisão bibliográfica foi realizada entre os meses de abril e maio de 2016, abordando o tema “Manifestações neurológicas e atípicas pelo vírus Chikungunya”. A busca pelos artigos foi realizada nas bases de dados Scielo, Lilacs e PubMed. Foram escolhidos os descritores “Infecção por Chikungunya” e “Manifestações neurológicas pelo vírus chikungunya” e nas bases internacionais, “Chicungunya” e “Atypical Chicungunya vírus infection”

Resultados: Foram encontradas manifestações neurológicas graves em pacientes com idade variando entre 5 e 92 anos, com e sem comorbidades, que evoluíram ao óbito. Conclusão: Manifestações neurológicas são complicações possíveis em pacientes infectados pelo vírus CHIKV, mesmo naqueles sem comorbidades. Considerando a ausência de biomarcadores para progressão da febre por CHIKV, os casos apresentaram-se graves e serviram de alerta para médicos e autoridades de saúde para dedicarem maior atenção, especialmente às crianças, idosos e imunocomprometidos, que parecem mais suscetíveis ao acometimento neurológico e desfecho fatal.

 

Autora: Priscilla Karen de Oliveira Sá

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.