quinolonas

A aparição na lista não significa que o FDA constatou que um medicamento está associado ao risco correspondente, apenas que a agência identificou um possível problema de segurança.  O FDA emitiu várias comunicações de segurança anteriores sobre o uso da fluoroquinolonas, ​​como por exemplo em dezembro de 2018 (aneurisma da aorta), julho de 2018 (reduções significativas de açúcar no sangue e certos efeitos colaterais da saúde mental), julho de 2016 (efeitos adversos dos tendões, músculos e articulações , nervos e sistema nervoso central), maio de 2016 (uso restrito para certas infecções não complicadas), agosto de 2013 (neuropatia periférica) e julho de 2008 (tendinite e ruptura de tendão).

Nota redigida por: Laura Czekster Antochevis
Fonte: https://www.medscape.com/viewarticle/924040

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.