Inscreva-se já.

Em 23 de agosto de 2021, a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA concedeu aprovação total à vacina Comirnaty / Pfizer-BioNTech COVID-19 para a prevenção da doença COVID-19 em pessoas com 16 anos ou mais. A vacina continua disponível sob autorização de uso emergencial para adolescentes de 12 a 15 anos e para a administração de uma terceira dose em algumas pessoas imunocomprometidas. Em 26 de agosto de 2021, 203 milhões de pessoas nos Estados Unidos receberam pelo menos uma dose da vacina COVID-19. 172 milhões de pessoas, ou cerca de 52% da população dos EUA, estão totalmente vacinadas.

  • Estudos mostram que algumas pessoas imunocomprometidas nem sempre desenvolvem o mesmo nível de imunidade após a vacinação da mesma forma que as pessoas não imunocomprometidas. Quando isso acontece, tomar outra dose da vacina pode, às vezes, ajudá-los a construir mais proteção contra a doença. O CDC recomenda que as pessoas com sistemas imunológicos comprometidos de forma moderada a grave recebam uma (terceira) dose adicional de uma vacina de mRNA COVID-19 (Pfizer-BioNTech ou Moderna) após as 2 doses iniciais. Pessoas com imunocomprometimento moderado a grave apresentam risco aumentado de doença grave e prolongada devido ao COVID-19. Em pequenos estudos, pessoas imunocomprometidas totalmente vacinadas constituíram uma grande proporção de hospitalizações por “infecções emergentes”.
  • Um novo estudo do CDC mostra que as vacinas COVID-19 autorizadas nos Estados Unidos continuam a ser altamente eficazes na redução do risco de doença COVID-19 grave, hospitalização e morte. No entanto, dados recentes mostram que a proteção contra doenças assintomáticas, leves e moderadas pode diminuir com o tempo. Isso não significa que as vacinas contra COVID-19 não estejam mais funcionando. A proteção reduzida pode ser devido tanto à diminuição da imunidade ao longo do tempo quanto à variante Delta altamente contagiosa. Em 18 de agosto de 2021, os especialistas em saúde pública e médicos dos Estados Unidos de Saúde e Serviços Humanos anunciaram um plano para começar a oferecer reforço da vacina de mRNA COVID-19 neste outono. As doses de reforço são doses de vacina administradas quando é provável que a resposta imune inicial a uma vacina diminua com o tempo.
  • As vacinas COVID-19 continuam a ser a ferramenta mais poderosa que temos contra COVID-19, tornando fundamental que todas as pessoas sejam vacinadas assim que forem elegíveis.

https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/covid-data/covidview/index.html

Sinopse por Laura Czekster Anthochevis

Contatos: [email protected] ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104



Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH, CME e EQS