Nosso programa SuperAção no canal do YouTube TVCCIH vem apresentando a Série SOS Coronavírus com uma abordagem ampla e aprofundada do tema com nossos professores e convidados especiais. Veja na tabela abaixo a relação dos programas, convidados e links para assistir. E termos mais, todas terças e quintas a partir das 20:00 horas. Neste boletim, temos mais links com novidades importantes para vocês.

Tema Convidados Link
Mitos e verdades Leonardo Wiessnamm

Graziella Baiocco

https://youtu.be/NC2YHKtz9TI
Viagens e contato social Tania do Socorro https://youtu.be/udgTaZ7KUSs
Internação de pacientes Ana Helena Germoglio

Alunos MBACCIH

https://youtu.be/Z_XZSRUAMC4
Transmissão aérea Lucio Flavio Brito

Kazuko Graziano

https://youtu.be/Tc8RldCpGkk
Tratamento Claudio Marcel Stadñik https://youtu.be/p0Wg2W0bbzs
Hospitalidade e higiene Marcelo Boeger

Eliane Molina

Tiago Alves

https://youtu.be/mQgJEXThezw
Esterilizar máscaras Kazuko Graziano

Lucio Flavio Brito

https://youtu.be/9mMdkwrFOZc
Centro de material Diretoria SOBECC https://youtu.be/AvillftnoL8
Odontologia parte 1 Equipe de dentistas*

Kazuko Graziano

Lucio Flavio Brito

https://youtu.be/HWQjrQXyaug
Epidemiologia e ciência Fernando Galvanese https://youtu.be/O2LrFuneauQ
Liderança e gestão de pessoas Fabrizio Rosso

Claudia Palmutti

https://youtu.be/_A81xzx7mJc
Gestão de crises Gonzalo Vecina Neto

Teresinha Covas

https://youtu.be/VzGc6oDqNxg
Odontologia parte 2 Equipe de dentistas*

Kazuko Graziano

Lucio Flavio Brito

https://youtu.be/7p6eyimCkFE
Enfermagem e o controle de infecções Julia Yaeko Kawagoe

Priscila Gonçalves

https://youtu.be/Go2oY4rz6m4
Impactos na CCIH Ana Helena Germoglio

Daniel Vagner Santos

Alunos MBACCIH

https://youtu.be/WYkD_6nxVEc
Aspectos legais Ismael Corte Inácio Junior https://youtu.be/q0eWNXrur8o
Odontologia parte 3 Equipe de dentistas*

Kazuko Graziano

Lucio Flavio Brito

https://youtu.be/kRF-fufxpzw
Diagnóstico Claudio Marcel Stadñik

Hyllo Baeta M. Junior

https://youtu.be/ci2S5K9KxW4
Fisioterapia respiratória Monica Barbosa

Teresinha Covas

https://youtu.be/2i_wa9TMsYg
Saúde coletiva e políticas públicas Claudio Maierovitch https://youtu.be/XEQORqQ2fyk
Aspectos éticos Claudio Marcel Stadñik

James Santos

https://youtu.be/Lj8JZGk9SK0
Sars-Cov-2: origem, patogenia e perspectivas Luiz Eduardo Vieira Dal Bem https://youtu.be/BNParzAY43o
Interiorização do Coronavírus Olivia Palmeira

Rudrigo Vaz Sampaio

Livia Dias Silvia

https://youtu.be/oKs_HUcSkF4
Gestão da enfermagem Renata Prieto https://youtu.be/9De4YhKIqF0

Ministério da Saúde orienta manejo de pacientes com COVID-19

O documento oferece orientações aos gestores e profissionais de saúde sobre o manejo dos pacientes com suspeita ou confirmação de COVID-19 nos diversos pontos da Rede de Atenção à Saúde. Apresenta informações sobre diagnóstico clínico, diagnóstico laboratorial, condutas de tratamento, além de fluxos decisórios.

Fonte: https://saude.gov.br/images/pdf/2020/June/17/Covid19-Orienta—-esManejoPacientes.pdf 

Informe da Sociedade Brasileira de Infectologia sobre o novo coronavírus n° 14: dexametasona no tratamento da covid-19

A SBI divulgou na última terça-feira (16), um comunicado a respeito do estudo sobre o tratamento de pacientes graves com COVID-19 com dexametasona. Segue trecho do documento:

“O estudo RECOVERY da Universidade de Oxford acaba de publicar os resultados preliminares de estudo randomizado com grupo controle que comparou dexametasona x grupo controle que demonstrou que a dose de 6mg de dexametasona por via oral ou por via endovenosa 1x/dia por 10 dias que demonstrou:

1) redução de mortalidade (em 28 dias) de 1/3 (33,3%) nos pacientes com COVID-19 em ventilação mecânica (VM);

2) redução de mortalidade (em 28 dias) de 1/5 (20%) nos pacientes necessitando de oxigênio e que não estão em VM;

3) não houve diferença nos pacientes que não necessitam de oxigênio.

Conclusão prática: todo paciente com COVID-19 em ventilação mecânica e os que necessitam de oxigênio fora da UTI devem receber dexametasona via oral ou endovenosa 6mg 1x/dia por 10 dias.”

Fonte: https://www.infectologia.org.br/admin/zcloud/137/2020/06/f590ba9af0faf1a1490ef0b5f945b9c136dceba586b6fa18b86852927fe72b54.pdf

 

Nota de esclarecimento da Associação de Medicina Intensiva Brasileira sobre o uso de Cloroquina e Hidroxicloroquina em crianças e adolescentes com COVID-19

A AMIB publicou em 20/06 um esclarecimento sobre o uso de hidroxicloroquina no tratamento de pacientes COVID-19. Ela reitera as recomendações gerais que emanou no documento “Orientações para tratamento medicamentoso precoce de pacientes com diagnóstico de COVID-19”, e acompanha a Sociedade Brasileira de Pediatria- SBP na advertência que fez, de que “diante da inexistência de evidências consistentes e reconhecidas pela comunidade científica como válidas, a SBP vem a público reiterar que considera inadequada a prescrição de Cloroquina e Hidroxicloroquina no tratamento de sinais e sintomas de COVID-19 em crianças e adolescentes”.

Fonte: http://www.amib.org.br/fileadmin/user_upload/amib/2020/junho/20/200620_1311Nota_de_esclarecimento_AMIB_sobre_o_uso_de_Cloroquina_e_Hidroxicloroquina_em_criancas_e_adolescentes_com_COVID-19.pdf

Acompanhe a plataforma da Fiocruz sobre COVID-19

Os novos dados do sistema InfoGripe mostram que na Semana Epidemiológica 24, referente ao período de 7 a 13 de junho, todas as regiões do país apresentaram números de casos e de mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Covid-19 muito altos. Diante da heterogeneidade da disseminação da Covid-19 por todos os estados, o coordenador do InfoGripe, Marcelo Gomes, recomenda que sejam realizadas avaliações locais, uma vez que a situação dos grandes centros urbanos é potencialmente distinta da evolução no interior de cada estado. O pesquisador ressaltou que a situação das grandes regiões do país serve de base para análise de situação, mas não deve ser o único indicador para tomada de decisões locais, conforme explicitado em nota técnica elaborada pela Fiocruz. O site também disponibiliza um mapa da situação regional de internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

Fonte: https://agencia.fiocruz.br/infogripe-mostra-alto-numero-de-casos-e-mortes-por-covid-19?utm_source=Facebook&utm_medium=Fiocruz&utm_campaign=campaign&utm_term=term&utm_content=content&fbclid=IwAR3f9mncHOeAFdUFKiCpa-qSEvIExw6u9NYtIQIUfFlYuI1zq9NP_-hVoC8

Sírio, Einstein, Fleury e USP disponibilizam a pesquisadores repositório com dados de pacientes

O Covid-19 Data Sharing/BR busca contribuir com novos estudos, ao compartilhar dados demográficos, clínicos e laboratoriais de 75mil pacientes que fizeram teste para COVID-19 em São Paulo.

Fonte: https://setorsaude.com.br/sirio-einstein-fleury-e-usp-disponibilizam-a-pesquisadores-repositorio-com-dados-de-75-mil-pacientes/?fbclid=IwAR0Y2sQuROQPG3vd7NokASMAcP4yhpfRy55C_6OLH4E-4C4d5ayMLjkSr9A

Covid-19: pesquisador lança Guia Prático para a Infectologia

Chefe do Laboratório de Pesquisa em Imunização e Vigilância em Saúde do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), Alberto dos Santos de Lemos lançou (4/6) o livro Covid-19: Guia prático para a Infectologia. A obra aborda pontos fundamentais para o manejo de pacientes com o novo coronavírus a partir das evidências científicas disponíveis até o momento de sua publicação.

Fonte: https://agencia.fiocruz.br/covid-19-pesquisador-lanca-guia-pratico-para-infectologia?utm_source=Facebook&utm_medium=Fiocruz&utm_campaign=campaign&utm_term=term&utm_content=content&fbclid=IwAR1o0d3QPTAtsUE2k5OOx7zGP9WU2XQeb8019jaavySIrCKuymEmqeZa-vo 

Uso massivo de máscaras pode ‘impedir segunda onda de covid-19’, diz estudo

Um estudo recente da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, oferece novas evidências de que as máscaras podem ser cruciais para evitar uma nova onda de infecções.

A pesquisa afirma que os lockdowns sozinhos não serão suficientes para impedir futuras ondas de contágio, a não ser que isso seja combinado com o uso massivo de máscaras para retardar a propagação da doença. Mesmo máscaras de pano caseiras, que têm eficácia limitada, podem “dramaticamente” reduzir a taxa de transmissão se usadas por um número de pessoas suficiente.

“Nossas análises apoiam a adoção imediata e universal de máscaras faciais pelo público”, disse Richard Stutt, pesquisador de epidemiologia da Universidade de Cambridge e coautor do estudo, em um comunicado.

“Se o uso generalizado de máscaras pelo público for combinado com distanciamento físico e algum confinamento, poderá oferecer uma maneira aceitável de lidar com a pandemia e retomar a atividade econômica muito antes de haver uma vacina.”

Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/geral-53058930?at_campaign=64&at_custom4=F61CEFB6-AFC8-11EA-BC1D-86DFFCA12A29&at_custom2=facebook_page&at_custom3=BBC+Brasil&at_custom1=%5Bpost+type%5D&at_medium=custom7&fbclid=IwAR0qF9eKu1t2sWI_-G79E8_dSYO4gliCHZ8vMTOve_wpGThOwezOMbDAED0

Elaborado por Laura Czekster Anthochevis e Antonio Tadeu Fernandes

Contatos da Laura: laura_czeats@hotmail.com ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.