Estudo detalha a importância do enfermeiro na prevenção e controle de infecção.

Trata-se de um estudo quantitativo descritivo e transversal. Objetivou conhecer a atuação do enfermeiro no Controle de Infecção Hospitalar. Foi aprovado pelo comitê de ética seguindo a Resolução 196/96 do Conselho de Saúde. Evidenciou o papel vigilante do enfermeiro do SCIH, e a necessidade da incorporação de práticas que não centralizem a responsabilidade do controle de infecção hospitalar apenas num grupo específico de profissionais, e sim que a prevenção dessas infecções seja foco de todas e em todas as áreas estimulando o desenvolvimento dessa como uma cultura.

O estudo trouxe à tona as interfaces da atuação do enfermeiro do Serviço de Controle Infecção Hospitalar, e pode contribuir tanto para o desenvolvimento de novas linhas de ação no âmbito do controle de infecção em nível Estadual, como com a própria atuação do enfermeiro, pela socialização dos resultados, estimulando-os no aperfeiçoamento de seu trabalho.

 

Autor: KLÉUPIO DUVANIL ALVES PAES