A infecção urinaria é muito frequente em pediatria, sendo a infecção mais prevalente em pacientes pediátricos após as de vias aéreas superiores. Tem-se como objetivo geral da pesquisa: identificar qual bactéria mais frequentemente atinge o trato urinário de crianças e como objetivo específico: descrever o gênero e a idade das crianças mais acometidas pela infecção urinária; conhecer a sensibilidade da bactéria a determinado antibiótico.

Foi utilizada como estratégia a pesquisa bibliográfica, nas bases de dados LILACS (Literatura Científica e Técnica da América Latina e Caribe), Pubmed (US National Library of Medicine National Institutes of Health) e Scielo (Scientific Electronic Library Online) com a combinação das palavras-chave: Infecção, Trato Urinário, Crianças, entre os anos de 2006 a 2016. Foram encontrados 24 artigos científicos, após aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, restaram 10 artigos para ser analisados.

Os resultados evidenciaram uma elevada frequência de infecção urinária em crianças do sexo feminino entre 1 a 4 anos de idade, sendo a E. coli, o principal agente causador, o principal agente causador em 100% das pesquisas analisadas. Portanto, fica evidente a necessidade de estudos periódicos como estes para verificar possíveis mudanças na prevalência e no perfil de sensibilidade antimicrobiana dos agentes etiológicos.

 

Autora: LISE GARCIA COUTINHO

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.