Conjuntivite Sair | Tópicos | Busca
Moderadores | Registrar | Editar Perfil

Fórum do CCIH » 70. Saúde ocupacional » Conjuntivite « Anterior Próximo »

Autor Mensagem
 

Freitas (Freitas)
Enviado em Quinta, 20 de Maio de 2004 - 10:36 pm:   

Existem vários tipos de Conjuntivite, sendo a mais perigosa a do tipo viral. Saiba como se prevenir.
A Conjuntivite se caracteriza pela inflamação da conjuntiva, membrana fina que recobre a maior parte do globo ocular. Existem tipos diferentes de Conjuntivite: Infecciosas (viral, bacteriana), fúngica, alérgica e irritativa. Todas elas se caracterizam por ardência e coceira na região ocular, irritante lacrimejar, olhos avermelhados e sensíveis, principalmente à claridade. As pálpebras também podem ficar inchadas. As Conjuntivites mais graves são as infecciosas, pois há dor nos olhos e uma secreção amarelada no globo ocular, além de serem contagiosas.

Conjuntivite fúngica

Este tipo de Conjuntivite é causada por fungos presentes na terra e nas plantas. Ela se caracteriza por uma secreção branco-amarelada semelhante à secreção da Conjuntivite do tipo bacteriano. Se ela não for corretamente tratada, pode provocar lesões na córnea.

Conjuntivite alérgica

Tem como principal causa a ingestão de alimentos e remédios aos quais a pessoa é alérgica, ácaros e mudanças de temperatura. Ela pode ainda se manifestar nos meses mais quentes e secos do ano. Ela provoca coceira intensa, muco branco e lacrimejamento.

Conjuntivite irritativa

Ocorre no contato com areia, exposição excessiva ao sol, produtos de limpeza e permanência em ambientes fechados. Deixa os olhos vermelhos, lacrimejantes e irritados, provocando coceira e até fotofobia.

Conjuntivites infecciosas:

Bacteriana

Tem os mesmos sintomas dos outros tipos, mas é causada por bactérias. Diferentemente das virais, respondem rapidamente aos tratamentos existentes.

Viral

Os sintomas são os mesmos que os outros tipos de Conjuntivites. Sensação de areia nos olhos, presença de secreção, lacrimejamento, inchaço das pálpebras e os olhos ficam vermelhos. Dependendo do caso, pode haver febre, dor de cabeça e mal estar. É considerada a mais perigosa, pois seu contágio é rápido e muito fácil. É caudada por vírus e, como a maioria dos vírus, pode ser mutante, alterando seu estado rapidamente. É uma doença de características benignas, que dificilmente deixam seqüelas. Seu tratamento é único: repouso. Não há medicamentos que possibilitem a cura. Alguns colírios podem amenizar os efeitos, mas a doença em si tem um tempo de vida médio de no máximo 15 dias.

Como evitar

A maior chance de contrair a Conjuntivite é pela falta de higiene. Como o vírus pode estar em qualquer lugar, deve-se evitar passar as mãos nos olhos. Toda vez que você leva as mãos até os olhos, carrega a sujeira dos objetos que tocou anteriormente.

Para se proteger contra a conjuntivite de origem infecciosa, a pessoa tem que evitar usar objetos pessoais alheios. Toalhas, travesseiros e lençóis, devem ser trocados o maior número de vezes possível. Além disso, no verão, o cuidado deve ser redobrado. Evite piscinas lotadas e procure proteger os olhos quando for nadar. Lugares abafados e sem circulação de ar também são ambientes propícios para a propagação da doença.

Caso esteja com Conjuntivite, faça a higienização dos olhos com soro fisiológico e use colírio. Se a Conjuntivite for infecciosa, procure um médico para pegar um atestado médico para afastamento do trabalho.


Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.
Enviadp por Alcides Freitas Biomédico mestrando em clinica medica infecção Hospitalar-Unicamp

Adicione sua Mensagem Aqui
Mensagem:
Nome de Usuário: Instrução para envio:
Esta é uma área privada de envio de mensagens. Apenas usuários registrados e moderadores podem enviar mensagens aqui.
Senha:
Opções Enviar como "Anônimo"
Habilitar código HTML na mensagem
Ativar automaticamente URLs na mensagem
Ação: