Introdução: Uma das mais frequentes complicações cirúrgicas é a infecção do sitio cirúrgico (ISC) e sua incidência pode ser reduzida com uso de antimicrobiano profilático.

Métodos: Revisão da literatura de forma narrativa sobre antibioticoprofilaxia em procedimentos cirúrgicos.

Resultados e Discussão: A indicação do antimicrobiano profilático depende da classificação da ferida operatória, das condições do paciente, do curso e morbidade associada a infecção. O tempo ideal para administração do antimicrobiano é dentro de 60 minutos antes da incisão cirúrgica e manutenção pelo período mais curto possível. A escolha do antimicrobiano varia de acordo com o tipo de cirurgia e perfil microbiológico do serviço de saúde.

Conclusão: A necessidade de protocolo para a profilaxia cirúrgica é necessária para escolha, dose e duração adequada do antimicrobiano. Desta maneira, manter a eficácia da profilaxia e diminuir os efeitos adversos e custo desnecessário além da indução de resistência bacteriana.

 

Autoras: Lorena Castoldi Tavares & Natália Sicuti Pereira